A festa começou na Carregosa e terminou no São Gonçalinho

Apesar da chuva, do frio e do muito vento, o «pequenino» campo da Juventude Desportiva Carregosense, nos arredores de Oliveira de Azeméis, encheu-se de adeptos do SC Beira-Mar. E nem mesmo o facto do bar do campo não servir cerveja com álcool, desanimou a massa adepta auri-negra presente!

Impulsionados pelos Ultras Auri-Negros, os aficionados do SC Beira-Mar nunca regatearam apoio à sua equipa que praticamente sentenciou a partida na primeira parte com dois golos de Aparício.

E se é verdade que a JD Carregosense ainda conseguiu reduzir a desvantagem, já em período de compensação, não impediu a vitória, a obtenção do título de campeão distrital e consequente subida ao Campeonato de Portugal.

O apito final ouviu-se ao minuto 93 e num ápice, eis que o relvado sintético do campo foi «invadido» pacificamente pelos adeptos de Aveiro.

A PRESENÇA DE RIBAU ESTEVES E A EMOÇÃO DE PEDRO MOREIRA

Presença notada na Carregosa foi a do presidente da Câmara Municipal de Aveiro, José Ribau Esteves, que fez questão de dar os parabéns a todo o grupo de trabalho.

Entre todo os jogadores, Pedro Moreira, «eterno» capitão do SC Beira-Mar, era o elemento mais emocionado. Muito saudado pelos companheiros, não conseguiu evitar as lágrimas.

A chuva caía copiosamente mas os adeptos fizeram a festa. Depois da Carregosa, seguiu-se Aveiro. Os jogadores desfilaram na Ria de Aveiro em plenos barcos moliceiros, festejaram na Praça do Peixe e foram ao cima da Capela de São Gonçalinho.